Taxas de homicídio na América Latina

  • UNODC - Dados de homicídio da Organização Mundial da Saúde
  • OMS - Dados de homicídio do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime
  • UNODC vs. OMS - Razão entre os dados de homicídio do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime e os da Organização Mundial da Saúde

Dados precisos e confiáveis são essenciais para melhorar a compreensão dos mecanismos que geram e perpetuam a violência em nossa região. Assim mesmo, são uma condição para a análise e a avaliação das políticas públicas na matéria, o que permite conhecer se as iniciativas funcionam ou não e em qual medida. Por último, contar com dados de qualidade é fundamental em termos de transparência e rendição de contas à cidadania. Esta seção apresenta uma série de recursos orientados a estimar e melhorar os dados de homicídio na América Latina e o Caribe.

Taxa de homicídios:
MENOS
MAIS

Protocolo de Bogotá

Documentos
Protocolo de Bogotá
Vários autores | 2015

O Protocolo de Bogotá sobre qualidade dos dados de homicídio para América Latina e o Caribe estabelece uma série de critérios técnicos, cujo cumprimento reflete que esses dados apresentam um elevado grau de validade, confiabilidade e transparência.

Protocolo de Bogotá: versão diagramada
Vários autores | 2015

O Protocolo de Bogotá sobre qualidade dos dados de homicídio para América Latina e o Caribe estabelece uma série de critérios técnicos, cujo cumprimento reflete que esses dados apresentam um elevado grau de validade, confiabilidade e transparência.

Qualidade dos Dados de Homicídio na América Latina
Eduardo Ribeiro, Doriam Borges, Ignacio Cano | 2015

Diagnóstico empírico da qualidade dos dados de homicídios na América Latina e o Caribe que serviu como subsídio à elaboração do Protocolo de Bogotá.

Score de qualidade

Score de qualidade dos dados de homicídio no Brasil: Metodología
Doriam Borges, Ignacio Cano | 2017

Score ou índice único (0-100) sobre a qualidade dos dados de homicídio, elaborado a partir dos critérios técnicos do Protocolo de Bogotá e asignado a cada estado do Brasil. Os valores do score foram utilizados como referência para definir Grupos de Qualidade da Informação Estatística por parte do Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Este documento descreve os aspectos metodológicos dessa iniciativa.

Score de qualidade dos dados de homicídio no Brasil: Cálculo
Doriam Borges, Ignacio Cano | 2017

Score ou índice único (0-100) sobre a qualidade dos dados de homicídio elaborado a partir dos critérios técnicos do Protocolo de Bogotá e asignado a cada estado do Brasil. Os valores do score foram utilizados como referência para definir Grupos de Qualidade da Informação Estatística por parte do Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Este documento descreve os procedimentos de cálculo aplicados nessa iniciativa.

Score de qualidade dos dados de homicídio no Brasil: Questionário
Doriam Borges, Ignacio Cano | 2017

Score ou índice único (0-100) sobre a qualidade dos dados de homicídio elaborado a partir dos critérios técnicos do Protocolo de Bogotá e asignado a cada estado do Brasil. Os valores do score foram utilizados como referência para definir Grupos de Qualidade da Informação Estatística por parte do Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Este documento apresenta o questionário que foi enviado aos produtores de dados de homicídios no marco dessa iniciativa.

Outros documentos

Relatório Global sobre Homicídios 2013
UNODC | 2014

Através do filtro de dados globais até o nível subnacional, o Relatório Global sobre Homicídios proporciona um panorama compreensivo dos homicídios intencionais arredor do mundo.

Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde. Décima Revisão (CIE-10).
OPS-OMS | 2016

Classificação internacional das causas de óbito apropriada para os fins epidemiológicos gerais e para a avaliação do atendimento em saúde.

Classificação Internacional de Crimes para Propósitos Estatísticos
UNODC | 2015

A Classificação Internacional de Crimes para Propósitos Estatísticos é uma classificação de delitos baseada em conceitos, definições e princípios conveniados internacionalmente com o fim de melhorar a coerência e comparabilidade internacional das estadísticas sobre delito, além de aumentar a capacidade de análise no nível nacional e internacional.

Outros sites de interesse